Vigilância Sanitária (1) - Porsani Contabilidade

Vigilância Sanitária: como manter clínicas médicas regularizadas?

Você sabe o que é necessário fazer para nunca temer uma visita da Vigilância Sanitária na sua clínica médica?

Muitos empreendedores têm receio de uma visita da Vigilância Sanitária, mas vamos te contar o que é necessário fazer para ser a exceção a essa regra!

Você, como médico ou empresário, já deve ter ouvido muito falar sobre vários desafios do empreendedorismo, como os tributos e a gestão financeira, não é mesmo?

Mas, nem de longe, esses medos se comparam a uma visita que é capaz de fechar o seu estabelecimento completamente e, por vezes, para sempre.

Estamos falando sobre a Vigilância Sanitária, o receio de muitos empreendedores por aí.

Contudo, não queremos que você tenha medo de nada e, por isso, viemos espantar as vibrações ruins da sua clínica médica com informações valiosas para sua gestão!

Confira Nossos Serviços 1 - Porsani Contabilidade

Por que as preocupações em relação à Vigilância Sanitária são tão recorrentes?

A Vigilância Sanitária é, desde sempre, uma entidade que fiscaliza os mais diversos estabelecimentos a fim de garantir que os consumidores e os próprios trabalhadores estejam em um ambiente seguro e adequado às atividades realizadas.

Contudo, tudo o que parece simples é possível complicar.

No final das contas, os receios só existem porque muitos empreendedores não conhecem ou não obedecem as normas da Vigilância Sanitária e, portanto, toda visita do órgão é uma prova de fogo. 

Mas, o que é preciso fazer para que a Vigilância Sanitária aprove a sua clínica médica?

Agora, para combater qualquer preocupação em relação à Vigilância Sanitária, é necessário entender o que é verificado nessas visitas.

Bom, já adiantamos que existem diversos aspectos analisados, desde os funcionários que trabalham na sua clínica médica até o próprio estabelecimento físico, por isso, os empreendedores ficam apreensivos.

Mas, calma, você está aqui justamente para não ser pego desprevenido, então, confira alguns dos aspectos mais importantes que são fiscalizados e sempre são apontados como negligenciados pelos gestores de clínicas médicas:

  • Colaboradores: ainda mais durante a pandemia, por vezes, as clínicas médicas cometem erros nas contratações, portanto, é sempre válido verificar duas vezes a documentação dos seus funcionários;
  • Procedimentos: dependendo da especialidade da sua clínica médica, é necessário se atentar aos procedimentos realizados, seguindo sempre as normas da Anvisa;
  • Estrutura física: um dos maiores problemas para os empreendedores é a viabilidade do estabelecimento físico para as atividades que você desempenhará, e quando falamos de empreendimentos na área da saúde, o zelo por esse aspecto deve ser redobrado.

Agora, chegou a hora de correr das burocracias – e não atrás delas, viu?!

Bom, agora que você sabe como lidar com as preocupações em relação a Vigilância Sanitária, chegou a hora de correr das burocracias.

Afinal, quanto menos preocupações, mais tempo terá para focar na sua clínica médica e nos assuntos que exigem a sua atenção.

Pois, infelizmente, com a pandemia, existem diversos aspectos urgentes e que não podem, em hipótese alguma, serem deixados de lado, contudo, você ainda é um gestor, certo?

Sendo assim, conte com profissionais que entendem a sua área e, além disso, podem te ajudar com a Vigilância Sanitária também.

Nós, da Porsani, oferecemos muito mais que uma contabilidade comum, nós entregaremos a você a especialização que sempre buscou para se dedicar à sua profissão sem deixar de lado a gestão da sua clínica! 

Entre em contato com a gente agora mesmo e tenha a tranquilidade que você sonhou para atuar em sua clínica! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você
Instrução Normativa publicada no Diário Oficial permite parcelar multas administrativas…
Cresta Posts Box by CP